Morte mais não há e nenhum homem é uma Ilha: duas traduções de John Donne

Paulo Otávio Barreiros Gravina

Resumo


Este artigo apresenta e analisa duas traduções do poeta inglês John Donne (1572-1631) que fazem parte da cultura ocidental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.